Untitled Documenta Menu horizontal e vertical

 

Visite-nos:
TOPSITES - AVESPT.COM
 
 
 
Warning: include_once(/home/kikolb/public_html/prepend_function.php): failed to open stream: No such file or directory in /home/frede455/public_html/naturezativa.com/catbranca.php on line 2

Warning: include_once(): Failed opening '/home/kikolb/public_html/prepend_function.php' for inclusion (include_path='.:/usr/local/php56/pear') in /home/frede455/public_html/naturezativa.com/catbranca.php on line 2
Naturezactiva - O mundo dos Psitacídeos

Catatua-branca


 

Ordem: Psittaciformes

Família:
Cacatuidae

Nome Científico:
Cacatua alba

Distribuição e Habitat :

Encontram-se no arquipélago das Molucas, em florestas húmidas primárias e secundárias, abaixo dos 600 m de altitude.

Hábitos:
Vivem em casais ou em pequenos bandos.

Dieta:
Alimentam-se de sementes, frutos e, aparentemente, de insectos.

Identificação:
Medem 46 cm de comprimento. A plumagem é toda branca, à excepção da parte inferior das asas e da cauda, que têm tonalidade amarelo-pálido. A crista é relativamente comprida e alargada. O bico é preto. A zona periocular (em torno dos olhos) tem cor azul-clara; os olhos são negros, nos machos, e castanho-avermelhados, nas fêmeas. As patas são zigodáctilas (têm dois dedos virados para a frente e dois dedos virados para trás; em geral, as aves apresentam três dedos virados para a frente e um para trás).

Ouve a cacatua

Reprodução: 
A época de nidificação começa, geralmente, no início do ano. Nidificam em ocos de árvores grandes. A postura é de dois a três ovos, que são incubados durante 27 a 28 dias por ambos os elementos do casal. As crias são altriciais (totalmente dependentes dos pais durante os primeiros tempos de vida). Os juvenis só abandonam o ninho com cerca de 14 semanas de idade (em cativeiro).

Estatuto de conservação e principais ameaças:
É uma espécie vulnerável (segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza). Pertence ao Apêndice II da CITES. Actualmente, as populações estão muito reduzidas devido à destruição do habitat (diminuição dos locais de nidificação) e, principalmente, à captura para o comércio ilegal de aves de companhia, que a este ritmo poderá conduzir rapidamente à extinção da espécie.

Fontes: http://www.zoo.pt/

 

 
 
 

 

 
Copyright © 2004/2016 - Frederico Lisboa - All rights reserved
.